• Operadora terá 10 dias para consertar orelhões

  • Fábio Linjardi

O Procon de Maringá vai notificar ainda nesta semana a Oi a consertar cerca de 200 orelhões na cidade, num prazo de 10 dias. De acordo com o órgão, a maioria desses aparelhos está inativa por falta de manutenção. Se não cumprir a notificação, a empresa será multada.

O diretor do Procon, Dorival Dias, diz que um levantamento sobre o número de orelhões quebrados na cidade deverá ser divulgado esta semana. O órgão identificou problemas em cerca de 200 telefones públicos.

"A operadora sempre alega que os telefones estão quebrados por vandalismo, mas, em nosso levantamento, constatamos que esse é o menor dos problemas. Falta manutenção, mesmo", diz. Dias não adiantou o valor da multa que será aplicada à operadora, no caso de descumprimento do prazo.

O Diário percorreu os 7,6 quilômetros de extensão da Avenida Brasil na tarde de terça-feira e constatou que do total de 120 orelhões, 65 estavam inativos. Entre esses aparelhos fora do ar, 36 exibiam no visor a mensagem "fora de operação", 12 estavam mudos e 17 sofreram algum tipo de vandalismo.


Oi

Em nota, a Oi informou que vai acionar técnicos para vistoriar os orelhões mencionados por O Diário. A reportagem enviou à empresa uma lista com o endereço de todos os 65 aparelhos danificados na Avenida Brasil.

A Oi também declarou que faz periodicamente a manutenção dos aparelhos, e pede para que os usuários comuniquem à empresa sobre problemas nos equipamentos. Segundo a companhia, nos oito primeiros meses de 2010, dos cerca de 61 mil orelhões instalados no Paraná, em média, 4,4 mil são danificados por mês, devido à ação de vândalos.

De acordo com a Anatel, o prazo para a empresa de telefonia atender à solicitação de reparos em telefones públicos é de cinco dias.

Segundo a assessoria da Anatel, é importante que o usuário anote o protocolo gerado pela companhia telefônica após a reclamação. O número do protocolo ajudará a Anatel a cobrar a empresa, caso a solicitação do serviço não seja atendida.


Reclamações
10314 é o telefone para solicitação  de serviços da Oi. A ligação é gratuita.
133 é o telefone da Anatel  para reclamações dos  serviços das operadoras.

Veja também

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Shopping

Anuncie nos classificados de O Diário

Pague com:

Loterias

  • Números sorteados
  • 19
  • 23
  • 34
  • 40
  • 41
  • 58

Publicidade

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal odiario.com não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com odiario.com para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato pelo e-mail parceria@odiario.com.

odiario.com 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - odiario.com é um parceiro do IG Regionais.