• Sindicato dos Servidores Municipais de Maringá faz assembleia

  • André Simões

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Maringá (Sismmar) se reúne em assembleia hoje, a partir das 8h, no plenário da Câmara Municipal, para discutir a campanha salarial deste ano e avaliar o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) entregue pela prefeitura à categoria no início deste ano. De acordo com a presidente do Simmar, Solange Marega, a revisão do PCCR é uma demanda dos funcionários municipais que já dura13 anos. "É uma pauta de suma importância, que afeta diretamente a vida de 8 mil servidores", diz.

Solange afirma que a proposta da administração municipal atende à principal reivindicação histórica da categoria: a utilização da titulação acadêmica (cursos superiores, de especialização, mestrado, doutorado, etc.) na evolução da carreira. "Antes, os funcionários estudavam, se formavam, e isso não tinha peso nenhum. Agora pode haver acréscimos, embora os índices de reajuste pudessem ser ainda maiores", diz.

Outra demanda atendida no PCCR entregue pela prefeitura, conforme o sindicado, é a incorporação do abono salarial, de R$ 150, ao salário-base da categoria. "Já é um avanço", afirma Solange.

A presidente do Sismmar afirma, no entanto, que outras reivindicações antigas não foram citadas no documento, como o enquadramento dos profissionais de Educação Física na categoria de Profissionais da Saúde, em vez de técnicos desportivos, e o estabelecimento dos auxiliares de creche como função de nível médio, pois atualmente estão alocados como funcionários de nível fundamental incompleto.

"Mesmo se a proposta da prefeitura for aprovada na assembleia, continuaremos brigando pelas categorias que não foram contempladas. Temos muito pelo que lutar", diz Solange.

Outra preocupação da presidente do Sismmar é quanto à celeridade da efetivação do projeto, caso seja aprovado pela assembleia, já que o PCCR terá de passar por duas aprovações na Câmara Municipal e retornar para o prefeito para a sanção, antes de entrar em vigor. "Esperamos, depois de 13 anos de luta, que no mínimo o texto seja aprovado rapidamente, antes de abril."

A assembleia ainda contará com a participação de um profissional do Dieese, que apresentará uma proposta de reajuste salarial a ser reivindicado com base nos índices de inflação somados às perdas salariais da categoria.

 

Outro lado
Procurada pela reportagem, a Prefeitura de Maringá informou, por meio de sua assessoria de comunicação, que prefere não comentar as demandas do Sismmar antes da realização da assembleia da categoria.

Veja também

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Shopping

Anuncie nos classificados de O Diário

Pague com:

Loterias

  • Números sorteados
  • 16
  • 29
  • 34
  • 35
  • 49
  • 51

Publicidade

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal odiario.com não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com odiario.com para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato pelo e-mail parceria@odiario.com.

odiario.com 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - odiario.com é um parceiro do IG Regionais.