• Espera para tirar RG pode chegar a 5 horas

  • Edmundo Pacheco

Cerca de 80 pessoas se aglomeravam ontem na porta do posto de atendimento local do Instituto de Identificação do Paraná, anexo à 9ª Subdivisão Policial de Maringá (9ª SDP). Muitos reclamavam da morosidade no atendimento, que em alguns casos chegou a demorar 5 horas entre a espera na primeira fila, para dar entrada nos documentos, e a final, onde se retira um protocolo para a confecção da carteira de identidade. O documento demora outros 15 dias para chegar, segundo informação dos funcionários do posto.

A dona de casa Cirlei dos Santos era uma das mais revoltadas. Ela chegou ao posto de atendimento por volta das 11 horas para fazer o documento da filha, de 14 anos. Às 14 horas, depois de entregar os documentos na primeira fila, ainda aguardava para tirar as digitais e concluir o processo. "O que mais me revolta não é a demora, mas a falta de respeito dos funcionários, que agem como se a gente não fosse nada; não dão informações e estão sempre de cara feia", reclamou.

Situação semelhante viveu o empresário André Augusto, que também chegou ao local por volta das 11 horas. "O atendimento é muito ruim. A gente fica aqui sem uma explicação, os funcionários não dizem quanto tempo ainda vai demorar, sempre de cara fechada; é horrível", resumiu. Ele cronometrou o atendimento: entre a hora que chegou e o término dos serviços, foram cerca de 5 horas de espera. "Acho que o problema é falta de pessoal, porque havia apenas três pessoas atendendo e uma foi embora no meio da tarde", opinou.

Em Curitiba, a informação da diretora operacional Jamile de Souza é de que o movimento maior é comum nesta época do ano e que nada pode ser feito. "Na época de férias há uma maior procura nos postos. Nos outros meses, pode observar que não há reclamações", justificou. Segundo a diretora, não há falta de pessoal para atendimento. "Nós fizemos concurso ano passado e acredito que o número de funcionários é suficiente. O problema está mesmo no aumento da demanda, mas isso é sazonal e não podemos fazer nada, a não ser contar com a paciência das pessoas", completou.

Veja também

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Shopping

Anuncie nos classificados de O Diário

Pague com:

Loterias

  • Números sorteados
  • 57
  • 23
  • 38
  • 13
  • 34
  • 27

Publicidade

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal odiario.com não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com odiario.com para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato pelo e-mail parceria@odiario.com.

odiario.com 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - O Diário do Norte do Paraná. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.