• Audiência pública discute destino do lixo em Maringá

  • Ivy Valsecchi

A proposta de instalação de uma usina de incineração de lixo em Maringá foi discutida em audiência pública realizada nesta quinta-feira na sede do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA).

Segundo o prefeito Sílvio Barros, a Prefeitura está aberta às discussões sobre outras alternativas para o destino de resíduos sólidos, mas ressaltou a importância de que estejam amparadas em conhecimentos técnicos.

Para o vice-presidente do CREA/PR, Osvaldo Danhoni, o licenciamento da pedreira para onde é levado o lixo da cidade vencerá em dezembro de 2013, mais ainda comporta espaço para receber o lixo por mais alguns anos, mesmo sem a existência da reciclagem na cidade. Para ele, é preciso aproveitar o tempo para discutir a questão de forma mais abrangente e levantar a real necessidade de uma indústria de incineração.

Veja também

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Shopping

Anuncie nos classificados de O Diário

Pague com:

Loterias

  • Números sorteados
  • 9
  • 51
  • 20
  • 24
  • 52
  • 43

Publicidade

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal odiario.com não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com odiario.com para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato pelo e-mail parceria@odiario.com.

odiario.com 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - O Diário do Norte do Paraná. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.