A aprovação ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, atingiu nova mínima, segundo pesquisa da Morning Consult e do site Politico. A sondagem foi realizada antes da divulgação de reportagens segundo as quais o presidente compartilhou informações secretas com autoridades da Rússia e também pressionou pelo arquivamento de uma investigação do Escritório Federal de Investigações (FBI, na sigla em inglês) sobre o ex-assessor de segurança nacional Michael Flynn.

A pesquisa, feita após Trump demitir o diretor do FBI, James Comey, mas antes das duas revelações mais recentes, mostra a aprovação do Trump em 42%, com quase a metade dos eleitores registrados desaprovando o desempenho do empresário na presidência. A pesquisa anterior mostrava 46% de aprovação dos eleitores ao desempenho de Trump, com 47% de desaprovação. A sondagem tem margem de erro de 2 pontos porcentuais. (Equipe AE)

Participe e comente