A equipe do presidente Donald Trump voltou a considerar planos para fornecer armas letais para a Ucrânia. O debate está pressionando Trump. Ele está lutando contra opiniões de que é favorável à Rússia, em meio a investigações sobre se a sua campanha contou coma interferência de Moscou nas eleições do ano passado.

A proposta das armas é aprovada pelo Pentágono e pelo Departamento de Estado. Ela reflete a crescente frustração com a intransigência da Rússia na Ucrânia e uma maior deterioração nos laços entre Rússia e EUA.

Participe e comente