A Coreia do Norte disse que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, concordou com um processo de desnuclearização do país asiático passo a passo em troca de concessões recíprocas por parte dos americanos. O acordo foi firmado durante uma cúpula entre Trump e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, em Cingapura.

De acordo com a agência estatal norte-coreana KCNA, os dois líderes "compartilham o reconhecimento de que é importante seguir o princípio da ação passo a passo e simultânea na obtenção da paz, estabilidade e desnuclearização da Península Coreana".

Segundo a KCNA, se os EUA tomarem "medidas genuínas para construir a confiança" do país asiático, a Coreia do Norte pode retribuir da mesma forma. Além disso, a agência informou que Trump expressou a intenção de parar os exercícios militares conjuntos entre Washington e Seul, além de poder dar um alívio às sanções impostas contra Pyongyang.

A KCNA também afirmou que Kim Jong-un convidou Trump para ir a Pyongyang e que o presidente americano convidou Kim para ir aos EUA. De acordo com a agência, os dois líderes aceitaram os convites. Fonte: Associated Press.


Participe e comente