O professor Paulo Mello, 42 anos, seguia para Maringá, por volta das 19h30 desta terça-feira (15), quando flagrou um fenômeno climático parecido com um tornado, entre Ivatuba e Doutor Camargo, na PR-552.

"Fiquei assustado. Chovia muito forte na hora, e vários carros pararam em um posto de combustível próximo, por dificuldades na direção. Pensei que fosse um tornado. Acho que foi um fenômeno muito localizado, pois passou rapidamente", conta.

Segundo os meteorologistas, tornado é classificado como uma coluna de ar, que surge de uma nuvem e que gira estando em contato com a superfície da Terra.

A reportagem de O Diário enviou as imagens para o Instituto Tecnológico Simepar. Conforme o meteorologista Cezar Duquia, a nuvem mostrada é associada a tornados, mas não é possível afirmar se ele realmente se concretizou.

"Através das imagens podemos notar uma protuberância nessa nuvem (supercélula) que chamamos de wallcloud. Esse tipo de nuvem é associado a tornados no entanto, nem todas os produzem. Pelas imagens não dá para definir se o funil provocado pelos ventos chega a atingir o solo", diz Duquia.

A reportagem ligou em vários unidades policiais e do Corpo de Bombeiros da região. Não houve constatação de estragos causados por chuva nesta terça-feira (15).

Se você também tem uma foto, vídeo ou pauta interessante e que gostaria de ver publicada, entre em contato com odiario.com pelo e-mail clovisaugusto@odiario.com ou, no próprio site, nos links de interatividade. No portal odiario.com, o internauta também faz a notícia.

Participe e comente