Dos 275 aprovados no concurso para soldado policial militar convocados nos últimos dias, 234 apresentaram nesta sexta-feira (18) ao Centro de Recrutamento e Seleção (CRS) da Polícia Militar os documentos para ingresso na corporação como soldados de 2ª classe. Após a homologação deste ato, eles serão encaminhados para a Escola de Formação de Praças (Esfaep), na Academia Policial Militar do Guatupê (APMG), a fim de iniciar a preparação para o exercício da função.

:NoticiasRelacionadas:

O grupo é o primeiro convocado em cumprimento à determinação do governador Beto Richa para que sejam contratados 2 mil novos policiais militares. "Dos 275 convocados, 16 não compareceram, um comunicou a desistência e 24 contrariam os requisitos do edital 061/2009. Estes, portanto, estão desclassificados", esclarece o major Maurício Cesar de Moraes, comandante do Centro de Recrutamento e Seleção da PM (CRS).

O concurso foi lançado no final de 2009 pelo governo do Estado, em parceria com a Universidade Estadual de Londrina (UEL), e prorrogado em julho deste ano pelo governador Beto Richa. Logo após, o governo autorizou a convocação de 2 mil policiais militares, dos quais 275 já haviam passado pelas fases de exames e documentação.

Os 1.725 soldados que faltam para completar as 2 mil contratações autorizadas pelo governo serão chamados em breve, após a correção das provas pela UEL, para serem submetidos às fases do processo seletivo, conforme prevê o edital 061/2009, também publicado no site da UEL.

As fases seletivas devem durar entre 120 e 150 dias, aproximadamente. Depois disso, os 1.725 selecionados serão encaminhados para os núcleos de formação – que ficam nos batalhões – para um período de oito meses de preparação, com estágio supervisionado a partir do quarto mês. "Este é um prazo que a PMPR acredita ser necessário para que o profissional de segurança pública esteja bem formado, preparado e capacitado a prestar um bom atendimento à população paranaense", destaca o major.

Os novos selecionados serão acionados por meio de editais específicos e a PM também utilizará outros meios de comunicação além do site, como o envio de ARs, para comunicá-los.

Participe e comente