Na manhã desta quarta-feira (11), Jislene Cristina Pinto, de 48 anos, faleceu no Hospital Santa Casa de Campo Mourão. Ela estava internada na Unidade de Terapia Intensiva desde o dia 3 de janeiro, quando o ônibus no qual ela estava saiu da pista e capotou.

Segundo informações, a mulher seria moradora de Paiçandu. Jislene é a nona vítima fatal do acidente: sete morreram no local e outra passageira morreu no hospital no dia 6.

No ônibus estavam 41 passageiros e o motorista. De acordo com o boletim médico da Santa Casa, que recebeu a maior parte das vítimas, dos 13 passageiros que chegaram ao hospital, dois permanecem internados. Um está no leito da enfermaria, com quadro estável, e o outro ainda está em estado grave, na Unidade de Terapia Intensiva. Até o momento, seis pacientes receberam alta e outros três foram transferidas.

Acidente

No dia 3 de janeiro, o ônibus da empresa Expresso Maringá sofreu um acidente no entroncamento da BR-158 com a PR-317, em Campo Mourão. O veículo tombou sobre a defensa metálica que fica na curva e desceu um barranco de aproximadamente 15 metros, capotando em seguida.

De acordo com o disco do tacógrafo do veículo, a última velocidade registrada foi de quase 100 km/h em um trecho com velocidade máxima permitida de 40 km/h. O motorista disse à Polícia Civil que não se lembrava do acidente.

Participe e comente