A entrega legal dos filhos para adoção é pauta de uma reunião que acontece nesta quinta-feira (16) em Astorga (a 51 quilômetros de Maringá). O encontro é realizado pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR), por meio da 2ª Promotoria de Justiça da Comarca – que tem atribuição na área da Infância e Juventude.

A proposta do MP-PR é apresentar aos profissionais que atuam na rede de proteção à criança e ao adolescente na cidade, orientações para acolher as gestantes que manifestam o desejo de entregar os filhos para adoção, coibindo assim situações como abandono ou adoções ilegais de crianças recém-nascidas.

O objetivo da Promotoria de Justiça com a reunião é estabelecer um protocolo de atendimento uniformizado entre os agentes que lidam com crianças e adolescentes em Astorga, como representantes dos órgãos de Saúde e Serviço Social e do Conselho Tutelar, além de promover a informação sobre a adoção à comunidade – especialmente às gestantes.

Participe e comente