O acidente aconteceu na tarde desta sexta-feira (14) na rodovia BR-376, em Sarandi, no semáforo do Posto Querência e envolveu a camionete S-10 que é usada pelo Instituto Médico Legal (IML) de Maringá e um automóvel Kia Cerato, com placas de Maringá. A condutora que trabalha no IML tinha sido acionada para remover o corpo de um motociclista em Marialva quando, durante o trajeto, foi atingida pelo outro veículo.

A condutora do Kia Cerato estava parada no semáforo da marginal da rodovia quando o sinal abriu pra ela fazer a conversão e retornar para a Avenida Colombo. O semáforo estava fechado para a viatura do IML, mas a motorista seguia com o veículo com sirene ligada e giroflex acesso. Nenhum dos envolvidos se feriu.

Segundo a motorista do Cerato, ela não ouviu o som da sirene por causa da música que estava escutando no carro e o sol acabou atrapalhando a visão dela, também.

Prioridade

Os veículos destinados a socorro de incêndio e salvamento, os de polícia, os de fiscalização e operação de trânsito e as ambulâncias, além de prioridade de trânsito, gozam de livre circulação, estacionamento e parada, quando em serviço de urgência e devidamente identificado por dispositivos regulamentares de alarme sonoro e iluminação vermelha. Consiste em autorização legal prevista no art. 29, Vll do Códito de Trânsito Brasileiro.

 

Foto: André Almenara

 

Participe e comente