O Governo do Paraná, por meio da Secretaria de Segurança Pública (Sesp), suspendeu a licitação de duas empresas que forneciam coletes balísticos para policiais do Estado. A mensagem, publicada no Diário Oficial, informa que os produtos, entregues em 2013, não tinham “a eficácia protetiva esperada”.

As empresas que fornecem coletes balísticos são a Inbra têxtil Indústria e Comércio de Tecidos Técnicos e a CRH Equipamentos de segurança – ambas especializadas no setor de equipamentos para proteção de agentes de segurança. Conforme o informativo da Sesp, os coletes não foram entregues conforme as especificações exigidas nos editais e “colocaram em risco a vida e saúde dos agentes policiais que os utilizavam para sua proteção”.

Além da suspensão temporária da licitação, a medida prevê que as empresas não possam participar de nova licitação pelo prazo de dois anos.

Durante a manhã, a reportagem tentou contato com as duas empresas, mas a comunicação da Inbra não respondeu e o telefone da CRH está mudo.

Participe e comente