Um homem morreu atropelado na BR-376, em Marialva, no começo da noite dessa sexta-feira (12), enquanto tentava atravessar a rodovia. Ele foi atingido por um carro, por volta das 18h30, a cerca de 300 metros de uma passarela. Sem documentos, o pedestre não foi identificado.

Conforme informações colhidas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), uma Fiat Fiorino seguia pela rodovia sentido Marialva, quando na frente do posto de combustíveis Amigão, situado no quilômetro 187, atingiu o pedestre, que teve morte instantânea. O motorista do carro, de 34 anos, não se feriu.

Logo em seguida, mais uma batida aconteceu e deixou três feridas no local. A PRF acredita que, para não passar por cima do pedestre caído na rodovia, um Renault Logan cruzou o canteiro central e foi parar do outro lado da pista, momento em que colidiu frontalmente contra um caminhão.

Nesta segunda colisão, as três ocupantes do veículo, duas mulheres e uma criança de 9 anos, sofreram ferimentos graves e foram socorridas por ambulâncias do Corpo de Bombeiros e da Viapar, sendo encaminhadas para hospitais.

A reportagem ainda não conseguiu contato com o Instituto Médico-Legal (IML), local onde o corpo do pedestre foi encaminhado, para saber se ele já foi identificado. Informações colhidas pela PRF dão conta que ele era "chapa" do posto, ou seja, ficava ali em busca de um caminhoneiro que poderia precisar de seus serviços.

 

Foto: Divulgação/WhatsApp

 

Foto: Plantão Maringá

Participe e comente