O ministro da Saúde, Ricardo Barros, esteve em Sarandi na manhã deste sábado (12) para anunciar o repasse de R$ 5,2 milhões para ampliar e qualificar a assistência hospitalar na região.

Deste total, R$ 5 milhões são destinados para custear os serviços de urgência e emergência do Hospital Metropolitano de Sarandi, que funcionavam sem contrapartida federal. Outros R$ 200 mil foram destinados ao custeio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência(SAMU).

"O nosso objetivo é melhorar, ampliar e qualificar o acesso aos serviços de saúde e é isso que estamos fazendo em todo o país", destacou Ricardo Barros.

O Hospital Metropolitano de Sarandi é uma instituição filantrópica e referência nas áreas de neurologia, traumatologia, cirurgia vascular,captação de órgãos para doação e urgência e emergência pelo SUS. A unidade presta atendimento para a população de 30 municípios da 15ª Regional de Saúde, incluindo Maringá, Campo Mourão, Cianorte e Umuarama, cobrindo cerca de 800 mil pessoas.

Já a ampliação dos recursos para o SAMU será para habilitar veículos que já existem e estão em funcionamento no município, mas ainda não recebiam recursos de contrapartida federal.

 

Foto: João Paulo Santos
Ministro da Saúde, Ricardo Barros, esteve em Sarandi neste sábado (12) para anunciar o repasse de R$ 5,2 milhões

Participe e comente