O prefeito de Sarandi, Walter Volpato, se manifestou contra o fechamento dos cruzamentos da Avenida Rio de Janeiro e da Rua Inglaterra com a Avenida Colombo, em Sarandi. O posicionamento foi divulgado, na tarde desta sexta-feira (1º), por meio de nota da assessoria de imprensa.

Desde o último domingo (26), esses cruzamentos foram fechados e uma empresa contratada pelo Departamento de Estradas e Rodagem (DER) conta a quantidade de veículos que passam pelas vias. A pesquisa prossegue até a próxima quarta-feira (6). O objetivo é analisar se é viável o fechamento definitivo.

A justificativa apresentava pelo DER é que nesses trechos o número de acidentes é alto. No entanto, Volpato é contra o fechamento. "Estamos lutando para evitar que a cidade fique dividida, o fechamento já está afetando diretamente o desenvolvimento econômico do município e impedindo o direito de ir e vir da população", defende.

Impasse

Segundo a Prefeitura de Sarandi, desde o começo do ano o DER solicitou o fechamento dos cruzamentos, mas Volpato teria impedido. Em julho, segundo a administração, um novo pedido de fechamento teria sido protocolado pelo DER, ocasião em que ficou acordado que haveria mudança nos tempos dos semáforos e que seriam instaladas câmeras de avanço de sinal, contribuindo para a redução dos acidentes.

De acordo com a prefeitura, no mês de novembro os equipamentos começaram a ser instalados nos pontos de maior fluxo, mas, mesmo assim, o DER interditou os cruzamentos para realizar o estudo sobre o impacto que o fechamento definitivo causará na cidade.

Na quarta-feira, quando o levantamento termina, os cruzamentos serão liberados.


Participe e comente