Foi entregue na manhã desta quarta-feira (14) a reforma e modernização do Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar), em Curitiba. Foram aplicados R$ 2,2 milhões para reestruturar a área administrativa e a área da central de abastecimento farmacêutico, que não passavam por reformas há mais de 30 anos.

O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, participou do evento que marcou a entrega das melhorias. Ele lembrou que atualmente trabalham no Cemepar 56 servidores responsáveis pela logística de distribuição de mais de 3 mil tipos de medicamentos por mês para todo o Paraná. Apenas em 2017, esse trabalho movimentou cerca de 201 milhões de unidades de medicamentos, soros, vacinas e insumos.

A Central ocupa uma área térrea de 3.630 metros quadrados e capacidade de armazenamento de 6.142 m cúbicos - sendo mais da metade destinada ao estoque de medicamentos, soros e vacinas, inclusive sob refrigeração.

“A reforma trouxe acessibilidade à unidade, até então não existente. A adequação da área permitiu a melhor acomodação dos servidores, melhores fluxos de trabalho e maior produtividade”, disse a diretora do Cemepar, Suzan Alves.

TRABALHO – O Cemepar é responsável pelo planejamento e execução das atividades relacionadas à seleção, programação, aquisição, recebimento, armazenamento e distribuição de medicamentos da Assistência Farmacêutica, oncologia, hospitais e unidades próprias, programas especiais da Secretaria de Estado da Saúde, demandas judiciais, além de soros, vacinas e outros insumos. “Tudo que a gente faz aqui, desde a programação da compra até o momento que o medicamento chega às mãos dos pacientes, é um processo que exige o trabalho de todos da equipe para que este produto chegue ao seu destino final com qualidade”, enfatiza a diretora.

O Cemepar iniciou suas atividades como logística no final da década de 70 e passou por diversos endereços, instalando-se na unidade do Jardim Botânico em setembro de 1996.


Participe e comente