O governador Beto Richa assinou nesta terça-feira convênio para o repasse de R$ 12 milhões do governo estadual para a conclusão do Erastinho, unidade do Hospital Erasto Gaertner, de Curitiba, especializado em tratamento do câncer. Com isso, o Erasto será o primeiro hospital do Sul do país a ter um fluxo específico para o atendimento oncológico de crianças e adolescentes.


Richa destacou que o hospital já é referência nacional em diagnóstico e tratamento do câncer infantil. "O apoio do Estado vem para ampliar ainda mais esse atendimento de qualidade e humanizado que faz o Erasto Gaertner. Com a nova estrutura, será possível dobrar o número de atendimentos", disse ele.

A obra do Erastinho tem um custo de R$ 24 milhões. A expectativa é ampliar de 20 para 39 o número de leitos infantojuvenis, permitindo o atendimento de 300 novos casos por ano. Poderão ser feitas, no local, até 17 mil consultas, 500 cirurgias e mais de 85 mil procedimentos anualmente.

De acordo com o superintendente do Hospital, Adriano Lago, a inauguração da nova unidade está prevista para o final de 2019. "Além de possibilitar um atendimento exclusivo às crianças e adolescentes, com a ampliação teremos ganho de uma nova área para que o hospital possa aumentar seus atendimentos para a população adulta", explicou.


Participe e comente