Das mais de 621 mil empresas ativas no Paraná, apenas 18% têm seguro empresarial. A informação é do Sindicato dos Corretores de Seguros do Paraná (Sincor-PR) e do Empresômetro, plataforma desenvolvida pelo Instituto de Planejamento e Tributação (IBPT). Segundo Jarbas Medeiros, superintendente de Ramos Elementares da Porto Seguro, os dados mostram que a penetração do seguro empresarial é tímida, pois depende da percepção de valor dos empresários, ou seja, quanto maior a conscientização, mais o mercado tende a crescer.

Independente do segmento de atuação, proteger o patrimônio tem se tornado uma preocupação constante tanto de PMEs, quanto de grandes empresas, principalmente em tempos de crise econômica. "Durante os momentos de instabilidade de mercado e margens de lucros mais enxutas, em que é mais difícil manter reserva financeira para imprevistos, contar com a proteção do seguro pode ser imprescindível para manter as suas operações", explica Jarbas.

O Porto Empresa é um seguro flexível e pode ser personalizado de acordo com a necessidade do segurado. Oferece além da cobertura Básica, que garante Incêndio, Explosão, Implosão e Fumaça, mais de 20 opções de coberturas adicionais para garantir riscos como: subtração de bens, mercadorias, valores, danos por vendaval, danos elétricos em equipamentos ou instalações, quebra de vidros e anúncios luminosos.

Também oferece coberturas de responsabilidade civil, que garantem danos causados a terceiros e funcionários, e as coberturas de despesas fixas e lucros cessantes, permitindo que em caso de um incêndio, por exemplo, a empresa possa honrar com compromissos assumidos com funcionários e fornecedores, até que a empresa volte a operar normalmente, garantindo assim, a sustentabilidade do negócio.

Participe e comente