• Oito pessoas morreram em acidentes nas estradas da região no fim de semana

  • Rubia Pimenta

Oito pessoas perderam a vida em acidentes nas estradas da região de Maringá no último fim de semana. A situação mais grave ocorreu na manhã de sábado (28), quando cinco pessoas morreram na PR-323, no trecho entre Tapejara e Cianorte (a 80 km de Maringá).

O acidente aconteceu nas proximidades do Rio do Índio, e envolveu três veículos: um Astra, um Celta e uma van Ducato. Conforme a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o Astra, que seguia de Cianorte a Tapejara, teria saído para ultrapassar uma Van, quando colidiu de frente com o Celta. Com o choque, o Celta acabou batendo também na lateral da van. Três pessoas que estavam no Astra e uma que estava no Celta morreram no hora. Um menino de 13 anos chegou a ser levado ao hospital, mas faleceu logo após dar entrada. Um passageiro do Celta continua internado.

 




 

Em Maringá, na BR-376, uma jovem de 19 anos entrou em óbito após um acidente na noite de sexta-feira (27). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Wandreia Santos Silva estava na garupa de uma Honda CBX 250 Twistter, quando o veículo bateu na lateral de um Passat, que fazia o contorno em frente a um frigorífico, nas proximidades do km 170, na saída para Paranavaí. Com o impacto, ela caiu na pista e foi atropelada por uma carreta que vinha logo atrás da moto. O piloto da moto, Anderson Lemes dos Santos, de 24 anos, caiu sobre o canteiro após a colisão e sofreu ferimentos graves e foi encaminhado ao Hospital Santa Rita. Lemes e Wandrea eram casados e moravam em São Jorge do Ivaí.

No trecho entre Iguaraçu e Munhoz de Melo (a 46 km de Maringá), na PR-218, um homem foi encontrado morto às margens da rodovia. O laudo do Instituto Médico-Legal (IML) de Maringá revelou que o trauma sofrido por João Batista da Silva é decorrente de um possível atropelamento. O acidente teria ocorrido durante a madrugada de domingo (29). Ainda não há pistas do veículo envolvido no atropelamento. A vítima morava em Iguaraçu.

Em Goioerê (a 163 km de Maringá), por volta das 18h de sábado (28), na PR-180, uma pessoa morreu e outra ficou ferida após um Celta bater longitudinalmente (lateral com lateral) com um caminhão prancha, que transportava uma colheitadeira. O motorista do Celta morreu e o passageiro ficou ferido.

Operação Dia do Trabalhador

Tanto a Polícia Rodoviária Federal, como a Estadual, realizam, desde sexta-feira, operações nas estradas de todo o Paraná por conta do feriado do Dia do Trabalhador, com reforço de efetivo e intensificação no patrulhamento. As ações devem permanecer até o fim do feriado, nesta terça-feira (1º).

Conforme a Viapar, o movimento de veículos ao longo das rodovias administradas pela concessionária deve aumentar entre 15% e 20%, com fluxo maior na BR-376. A expectativa é que o trânsito fique mais movimentado a partir das 15h de amanhã.

O número de acidentes em todo o Paraná no fim de semana não foi divulgado pela PRE e PRF. As corporações devem concluir o levantamento no final das operações.

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.

Blogs e Colunas

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Shopping

Anuncie nos classificados de O Diário

Pague com:

Loterias

  • Números sorteados
  • 4
  • 23
  • 55
  • 10
  • 38
  • 33

Publicidade

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal odiario.com não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com odiario.com para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato pelo e-mail parceria@odiario.com.

odiario.com 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - O Diário do Norte do Paraná. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.