Joselita nasceu sem privilégios. Mulher. Negra. Pobre. Mas com garra para vencer os obstáculos de uma sociedade opressora. Se formou em administração, abriu seu salão de beleza. Sorriu para a vida e perseverou.

Tinha planos. Queria o melhor para os seus. Criou seus filhos para conquistarem seus sonhos , mesmo em meio às dificuldades.

Leia mais no Plano Feminino.

Receba todos os dias no seu e-mail as principais notícias de Maringá e região
Só um envio por dia. Cancele quando quiser

Participe e comente