Um jovem de 21 anos foi alvejado por quatro tiros, em Sarandi, na tarde deste domingo (8). Cleberson Ferreira da Rosa Antonietti foi levado em estado grave para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Na casa do suposto autor dos disparos, houve um incêndio na madrugada desta segunda-feira (9).

De acordo com a Polícia Militar (PM), o rapaz estava saindo a pé da casa da mãe dele, na Rua Governador Caetano Munhoz da Rocha, quando foi atingido por disparos de arma de fogo na região do tórax. O irmão dele, que também estava na casa, levou Antonietti à Unidade de Pronto Atendimento de Sarandi. No entanto, como os ferimentos eram graves, o jovem precisou ser transferido para o Hospital Metropolitano.

A Polícia Militar informou que conseguiu conversar com a vítima enquanto ele estava na ambulância do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), e ela teria dito que o vizinho dele, conhecido como “Xiru”, seria o autor dos disparos. Quando a PM chegou na casa indicada pela vítima, conseguiu identificar o suspeito como Jhonathan Prado Mesquita, de 21 anos, mas não conseguiu localizá-lo. De acordo com a Polícia Civil, ele e outras duas pessoas que teriam envolvimento com o crime devem ser chamados à delegacia em breve.

Incêndio

O Corpo de Bombeiros foi acionado para combater um incêndio na casa do suposto autor dos disparos. Por volta da 1h desta segunda-feira (9), um dos quartos da casa em que o “Xiru” mora pegou fogo. Segundo o Corpo de Bombeiros, apenas um dos cômodos foi afetado, queimando os móveis e várias roupas. Ninguém estava na casa no momento da chegada dos Bombeiros.

A polícia suspeita de que o incêndio foi represália pelo homicídio de Cleberson Antonietti.

Receba todos os dias no seu e-mail as principais notícias de Maringá e região
Só um envio por dia. Cancele quando quiser

Participe e comente