O pastor de uma igreja registrou um boletim de ocorrência na 9ª Subdivisão Policial de Maringá (SDP) acusando o ex-marido de uma mulher que frequenta o culto de ameaçá-lo de morte. A denúncia foi feita nesta quinta-feira (18).

Conforme o boletim de ocorrência, o pastor recebeu várias ameaças por meio de telefone e redes sociais, desde janeiro do ano passado. O motivo, segundo ele, é que o ex dessa mulher acredita que a separação do casal foi incentivada por ele, que, como pastor, aconselha os fiéis.

O acusado teria mandado, há dois meses, um áudio dizendo que cortaria a cabeça dele. Nessa quarta-feira (17), o pastor teria recebido uma foto de uma arma, com informação de que o acusado iria se vingar e teria choro e sangue no culto.

O pastor também afirmou que o homem criou perfis falsos em redes sociais para tentar contatá-lo. Amedrontado com a situação, ele resolveu procurar a delegacia. Os investigadores da Polícia Civil (PC) vão apurar as denúncias.

Com informações de André Almenara

Foto: André Almenara
Denúncia foi feita na delegacia na tarde desta quinta-feira (18)

Participe e comente