Mais de 100 policiais civis e militares saíram às ruas da cidade de Altônia na manhã desta terça-feira (16) para cumprir vários mandados de prisão, buscas e conduções coercitivas. Ao todo, o grupo tinha 54 mandados expedidos pela Justiça de Altônia a cumprir na cidade e na região.

Segundo a Polícia Civil, todos os mandados estavam relacionado a uma organização criminosa, que é suspeita de fornecer drogas para várias cidades, principalmente Sarandi. Os suspeitos são investigados pela equipe de Altônia há aproximadamente três meses, período no qual a polícia apreendeu várias porções de maconha.

Dos 54 mandados, 23 eram de prisão. Desses, 19 foram cumpridos, com a prisão de 13 homens e 6 mulheres. Todos os mandados de busca e apreensão, que totalizaram quase 30, foram cumpridos. A polícia informou que foram apreendidas 7 motos, 3 veículos leves, 1 van e 1 caminhão que supostamente eram usados para o tráfico. Também foram encontradas seis armas de fogo, entre pistolas, revólveres e armas longas, além de vários celulares e porções de maconha. Também foram cumpridos mandados de condução coercitiva, de supostos 'laranjas' do grupo criminoso.

Além de Altônia, os policiais cumpriram mandados em Iporã, Francisco Alves, Xambrê e na Penitenciária de Cruzeiro do Oeste. A operação, coordenada pelo delegado Luiz Gustavo de Souza Timossi, contou com o apoio da Polícia Militar.

Até as 9h30, os policiais já haviam encerrado a operação. Os investigadores da Polícia Civil de Altônia ainda colhem os depoimentos dos suspeitos presos.

Participe e comente