Anderson Rodrigo Anibal, de 29 anos, dono de uma farmácia situada em Cianorte (a 143 quilômetros de Maringá), foi executado com um tiro na cabeça dentro do estabelecimento no fim da tarde desta quarta-feira (12).

Conforme a Polícia Militar (PM), o autor do disparo teria ido de manhã à farmácia para tentar comprar um medicamento controlado sem a prescrição médica. Seguindo a legislação, o farmacêutico recusou o pedido. O suspeito que, segundo informações recebidas pela Polícia Militar (PM), sofre de esquizofrenia teria dito à mãe que iria matar o profissional.

Quando ela tentou intervir, ele atirou, acertando um tiro de raspão no pescoço da mãe. Ela foi encaminhada pelo Samu ao hospital Santa Casa. Segundo a PM, ela foi internada na UTI devido à gravidade de seu estado de saúde.

Em seguida, o acusado seguiu de motocicleta para a farmácia que fica na Avenida Atlântica e atirou contra Anibal, que teve morte instantânea.

O suposto autor dos disparos foi identificado e está foragido. A PM continua realizando buscas pelo homem de 29 anos, que já tem passagem por roubo, mas, até a manhã desta quinta-feira (13), não havia sido localizado.

O corpo do farmacêutico foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML).

Foto: Repórter Oliveira Júnior/Notícia.com
Homicídio foi registrado dentro de farmácia situada na Avenida Atlântica, em Cianorte

Participe e comente