Por volta da 1h desta sexta-feira (14), a sentença de Humberto Musolon, 30, pela agressão à ex-mulher e à ex-sogra no ano passado foi proferida: ele foi condenado a 13 anos e 10 meses de prisão em regime fechado. O julgamento, presidido pelo juiz Cláudio Camargo dos Santos, começou na manhã de quinta-feira (13).

Musolon foi considerado culpado pelo crime que aconteceu no dia 13 de julho de 2016. O juri considerou que ele foi o responsável por agredir Carla Tauani Dias dos Santos, 23, e a mãe dela, Roseli Aparecida da Silva, 45, com um taco de beisebol na Vila Santo Antônio, em Maringá, quando as duas levavam os filhos de Carla – e de Musolon – para a escola. A jovem teve fratura nos braços – quebrados ao tentar defender o filho de 10 meses que estava no colo – e Roseli teve afundamento de crânio.

O condenado assumiu a autoria do crime, motivado pela não aceitação do fim do relacionamento dele com Carla, com quem tem dois filhos.

Colaboração: André Almenara

 

Arquivo/ André Almenara
Segundo a Polícia, Musolon usou esse taco de beisebol para atacar a ex-mulher e a ex-sogra

 

Participe e comente