A Polícia Civil está investigando o furto de vários veículos da loja Rio Náutica em Maringá neste final de semana. De acordo com imagens de segurança, o crime aconteceu na madrugada de sábado (29) para domingo (30), mas só foi percebido na manhã desta segunda-feira (31), quando os funcionários chegaram para trabalhar.

Os ladrões – ainda não se sabe, ao certo, quantos eram – levaram oito jet skis, três quadriciclos, três motores de popa e até uma caminhonete S10 com a identificação da empresa. O prejuízo é estimado em aproximadamente R$ 1 milhão.

Quando chegaram para trabalhar, os funcionários da Rio Náutica ficaram surpresos ao ver a loja revirada, com um buraco no teto – por onde a polícia acredita que os ladrões tenham entrado – e sem vários dos veículos que são vendidos no estabelecimento.

Todos os equipamentos de segurança e filmagem da empresa localizada na Avenida Colombo, na Zona 7, foram danificados durante a ação criminosa. De acordo com as informações apuradas pela polícia até o momento, a quadrilha entrou pelo teto e depois saiu com os produtos furtados pela Rua São João, nos fundos da loja.

As informações de vizinhos - que disseram ter visto um caminhão no local para transportar os veículos - e as imagens das câmeras de segurança de outros imóveis também estão ajudando a polícia na investigação. Pelas filmagens, a polícia verificou também que um carro com rabicho e carretinha era utilizado para buscar os jets skis.

A S10 branca foi encontrada pela Polícia Militar hoje de manhã, na Rua Domingos Santa Cruz, em frente a uma construção, no Jardim Dias, a partir de denúncia anônima. O veículo estava trancado com a chave dentro. Uma papiloscopista da Polícia Civil foi chamada para coletar impressões digitais que possam ter ficado no veículo, o que ajudará na investigação do furto.

Quem tiver informações sobre os outros veículos pode entrar em contato com a Polícia Militar (190) ou Civil (197).

 

Foto: André Almenara
S10 foi recuperada pela Polícia na manhã desta segunda-feira (31)

 

Participe e comente