A Polícia Ambiental de Umuarama atendeu duas denúncias de caça ilegal na tarde desta terça-feira (11) em Maria Helena (a 163 quilômetros de Maringá) e apreendeu mais de 50 quilos de carne de animais silvestres.

Na primeira residência vistoriada, foram encontradas quatro espingardas de vários calibres, carne de cateto e capivara, além de aves. Já no segundo imóvel, havia três espingardas, também de diversos calibres, um pássaro preto, um pintassilgo e carnes de paca e cateto.

As carnes apreendidas totalizaram 51,4 quilos. Por não estarem mais apropriadas para consumo, elas foram descartadas.

Os responsáveis não possuíam autorização para caçar animais nem para guarda de animais silvestres. Eles também não tinham porte de arma. Diante dos crimes, os envolvidos foram encaminhados à delegacia. Eles devem ser multados entre R$ 500 a R$ 5 mil.

As aves apreendidas foram levadas para criadores cadastrados junto ao órgão ambiental competente.

Denúncias

A Polícia Ambiental salienta a importância da participação da sociedade por meio de denúncias. O telefone de Umuarama é o (44) 3624-7630 ou 181. Não é necessário se identificar.

Foto: Divulgação/Polícia Ambiental
Carnes não estavam mais apropriadas para consumo e foram descatadas

Participe e comente