A Seção de Furtos e Roubos (SFR) da Polícia Civil (PC) de Maringá prendeu, na manhã desta terça-feira (14), um homem de 39 anos suspeito de vários roubos ocorridos desde o ano passado em vários lugares de Maringá. Marcos Paulo Castelo da Silva, conhecido como "Aritana", é especializado na modalidade de assalto conhecida como "saidinha de banco".

O suspeito foi preso na casa dele, no Jardim Jequitibá, em Paranavaí (a 77 quilômetros de Maringá). Segundo a PC, havia um mandado de prisão preventiva em seu desfavor, expedido no dia 7 de outubro de 2016 pela 2ª Vara Criminal de Maringá.

O chefe da SFR, investigador Everaldo Fernandes, afirmou que, pelo menos, cinco roubos praticados por Silva já foram esclarecidos. Em todos eles, as vítimas tinham acabado de realizar saques em agências bancárias e foram seguidas pelo assaltante.

Segundo a PC, em apenas um roubo Silva levou apenas documentos. As demais ações renderam entre R$ 1,6 mil a R$ 35 mil.

De acordo com a Polícia Civil, em uma das investigações na casa do suspeito foram encontradas roupas e um capacete utilizados em um dos assaltos. A bolsa de uma das vítimas também foi localizada.

Até o momento, a PC acredita que Silva agia sozinho.

Marcos Paulo Castelo da Silva, de 39 anos, é suspeito de vários roubos/ Foto: Divulgação-PC

Roubos

O roubo mais recente ocorreu no dia 8 passado, na Rua Tupã, Zona 4 de Maringá. Um empresário havia acabado de realizar um saque em uma agência e foi surpreendido quando estacionava o carro. A ação durou cerca de dez segundos e a vítima perdeu R$ 35 mil.

Também em outubro uma empresária do ramo de recicláveis foi atacada próxima a sua empresa, nas imediações da Cocamar, após efetuar o saque de R$ 4 mil.

Em outra ação, uma mulher também foi vítima do assaltante. O fato ocorreu em 23 de agosto, quando ela realizou um saque de R$ 1,6 mil no Sicredi situado dentro da Cocamar. A vítima foi abordada bem no momento em que a agência era fechada.

Outra ação foi confirmada em 10 outubro de 2016, no Centro da cidade, cruzamento das avenidas Herval e Tamandaré. A vítima realizou saque de R$ 30 mil em um banco e teve o valor roubado logo após chegar no carro.

Flagrantes

Câmeras de segurança mostram a ação do suspeito. Confira:

Participe e comente