Na sexta-feira (1°), a Polícia Militar Ambiental, em ação conjunta com equipes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Apucarana vistoriaram cinco lavanderias que atuam na cidade, para verificar se estavam atuando de acordo com a legislação ambiental.

Em duas delas, os donos não possuíam autorização ambiental para funcionar, alvará de funcionamento da Prefeitura, licença concedida pelo Corpo de Bombeiros e nem autorização da vigilância sanitária. Além disso, a Polícia Ambiental informou que foi constatado que as empresas faziam o lançamento irregular de efluentes diretamente no solo, sem o devido tratamento, além de queimar tecidos irregularmente em caldeiras.

Os donos foram orientados sobre a obrigação de cessar as atividades até que consigam autorização ambiental e façam a execução das adequações necessárias. Os dois foram detidos e encaminhados à delegacia de Polícia Civil, para assinatura do Termo Circunstanciado de Infração Penal.

 

Divulgação
Além da ausência de liberação para a atividade, as lavanderias lançavam efluentes diretamente no solo

Participe e comente