Integrantes de várias forças de segurança estão na cadeia pública de Cianorte em busca de um acordo, para a liberação de um agente carcerário, mantido refém pelos presos da unidade. Ele foi rendido por volta das 18h de ontem (6), durante uma revista de rotina nas celas.

De acordo com a Polícia Militar, equipes do Bope, SOE e choque estão fazendo as negociações, acompanhados de PMs e delegados. Os presos reclamam da superlotação e pedem revisão de penas e melhor atendimento médico aos presos doentes.

A PM informou, também, que os presos suspenderam as negociações durante a noite, mas retomaram hoje de manhã. O agente carcerário foi liberado por volta de 8h30 desta quarta-feira (7).

As últimas informações repassadas à polícia militar era de que não havia feridos.

Superlotação

Atualmente, a cadeia abriga cerca de 200 presos, embora tenha sido projetada para até 46.

*Colaboração de Noti-cia.com

Reprodução/ Noti-cia.com


 


Participe e comente