A Polícia Civil descobriu a identidade do homem morto a facadas na madrugada do último sábado (2), encontrado caído no pátio do Hospital Universitário (HU), em Maringá. Trata-se de de Denilson Cândido Paiva, de 50 anos, popularmente conhecido por "mãozinha". O corpo foi reconhecido foi reconhecido por familiares. A vítima teria sido assassinada por um casal nas proximidades da avenida Mandacaru, e ainda resistindo aos ferimentos, correu para pedir socorro no HU e acabou falecendo antes de receber os primeiros socorros.

De acordo com o delegado Diego Almeira, da Delegacia de Homicídios, Denilson tinha várias passagens pela polícia e era usuário de drogas. Os suspeitos da autoria do crime, que ainda não foram detidos, também tem envolvimento drogas, segundo as investigações. Algumas testemunhas, como moradores de rua, também foram ouvidos, e a polícia já analisa as imagens das câmeras de segurança da região do ocorrido que mostra um casal correndo pela avenida Mandacaru. Até o final da tarde de ontem, nenhum dos dois havia sido presos. “Continuamos com as averiguações para detê-los”, conclui o delegado.


Participe e comente