• Homens são atacados a golpes de faca e facão

  • Roberto Silva

Dois homens foram esfaqueados entre a noite de segunda-feira e madrugada de ontem, em Maringá. A polícia confirmou que as vítimas não correm risco de morte, mas uma delas teve seu estado considerado como grave pela equipe médica, já que teria tido parte dos ligamentos dos dois joelhos afetados pelos golpes.

O primeiro caso foi registrado por volta das 21h30 na Rua Senador Accyoly Filho, Vila Santa Isabel, zona norte da cidade. De passagem pelo bairro, Edson Ferreira da Silva, 40 anos, morador do conjunto Requião I, foi abordado por dois supostos desconhecidos e agredido a facadas.

Os golpes atingiram os dois joelhos e o pé esquerdo de Silva, que foi socorrido por populares e deixado na porta do pronto-socorro do Hospital Universitário (HU).

Procurado por uma equipe de investigadores da 9ª Subdivisão Policial (SDP), Silva contou que os agressores ocupavam uma moto Honda, cor e modelo desconhecido. Ele confirmou ser usuário de drogas, mas assegurou não ter inimigos e nem saber quem o atacou.

De acordo com os investigadores, Silva recusou dar mais informações que pudessem esclarecer o motivo e a autoria do crime.

O outro caso aconteceu por volta das 4h20 de ontem no centro de Maringá, envolvendo outro morador do conjunto Requião. Minutos depois de estacionar sua moto em um conhecido reduto de prostituição, Oziel Gomes da Silva, 26 anos, foi atacado a golpes de facão por dois homens desconhecidos. Além de ferimentos em um olho e no braço direito, ele sofreu um corte extenso na lateral da cabeça e precisou ser internado no Hospital Santa Rita.

Na versão à Polícia Civil, o pai da vítima, Marcos Gomes da Silva, relatou que o filho estava parado na Rua Piratininga quando dois homens ocupando um veículo Golf, de cor preta, passaram por ele fazendo ofensas.

Ele disse que o filho retrucou os xingamentos, mas não percebeu que os agressores haviam dado a volta no quarteirão. Após estacionar o carro em um local ermo, os dois ocupantes desceram armados de facão e partiram para o ataque.

Duas pessoas que presenciaram a agressão confirmaram a versão apresentada pelo pai da vítima e se prontificaram a colaborar com as investigações. Os dois casos foram encaminhados à Seção de Homicídios, Furtos e Roubos (SHFR), que já designou uma equipe para tentar identificar e prender os autores.

Veja também

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Shopping

Anuncie nos classificados de O Diário

Pague com:

Loterias

  • Números sorteados
  • 9
  • 51
  • 20
  • 24
  • 52
  • 43

Publicidade

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal odiario.com não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com odiario.com para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato pelo e-mail parceria@odiario.com.

odiario.com 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - O Diário do Norte do Paraná. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.