• Pai filma estupro da própria filha e acaba preso em Maringá

  • Rubia Pimenta , com informações de Roberto Silva

O ajudante geral de um abatedouro de Maringá, de 41 anos, foi detido, na tarde desta segunda-feira (21), acusado de estuprar a própria filha de 16 anos. O caso foi descoberto pois ele teria filmado um dos estupros. A jovem denunciou a situação, junto com a mãe, nesta manhã, e mostrou a fita aos policiais da Delegacia da Mulher.

Conforme a responsável pela Delegacia de Mulher, Emilene Locateli, a jovem sofria os abusos do pai há dois anos. Ela alegou que não denunciava os crimes pois era frequentemente ameaçada de morte. A situação ficou insustentável após ela arrumar uma namorado.

"O pai dizia que se ela não fosse dele, não seria de mais ninguém. Os crimes aconteciam quando a mãe não estava em casa. Ela desconhecia tudo que acontecia", conta a delegada.

Recentemente o pai teria filmado a jovem tomando banho. Ele entrou no banheiro e estuprou a filha na frente da câmera. A jovem encontrou a fita VHS e levou para a Polícia Civil na manhã de hoje. Imediatamente a delegada pediu a prisão preventiva de Souza, que foi expedida na mesma tarde.

A jovem conta que quando perguntava ao pai porque a estuprava, ele respondia: "você tem que aprender como é o mundo". Souza está detido na carceragem da 9ª Subdivisão de Polícia Civil de Maringá e vai responder pelo crime de estupro. Santos disse que só falará sobre o caso perante a Justiça.

Veja também

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Shopping

Anuncie nos classificados de O Diário

Pague com:

Loterias

  • Números sorteados
  • 1
  • 7
  • 30
  • 43
  • 44
  • 54

Publicidade

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal odiario.com não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com odiario.com para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato pelo e-mail parceria@odiario.com.

odiario.com 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - odiario.com é um parceiro do IG Regionais.