• PF deflagra operação de combate ao tráfico de cigarros na região Sul

  • Larissa Ayumi Sato

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta terça-feira (7) uma operação de combate ao crime organizado em 16 cidades dos três estados da Região Sul do Brasil.

A "Operação Loki", com o objetivo de cumprir 41 mandados de busca e apreensão e 41 mandados de prisão preventiva expedidos pela Vara da Justiça Federal de São Miguel do Iguaçu (SC), destinada a desarticular uma organização criminosa que opera nos três Estados da Região Sul com sede em Santa Catarina, especializada no contrabando de cigarros paraguaios de Ciudad Del Est, no Paraguai para 16 cidades do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A ação é resultado de 12 meses de investigação realizada pela Delegacia da Polícia Federal em Dionísio Cerqueira (SC).

A investigação, iniciada em junho de 2010, resultou na prisão de 32 pessoas em flagrante, 36 veículos apreendidos (dois caminhões, seis automóveis roubados e 28 outros automóveis) e 109.524 pacotes de cigarros contrabandeados.

A PF identificou ainda a participação de dois policiais militares do Paraná e cinco de Santa Catarina, que receberiam propina da organização criminosa a fim de facilitarem a passagem do contrabando através das regiões Sudoeste do Paraná e Oeste de Santa Catarina, que também tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça Federal de São Miguel do Oeste.

A organização criminosa mantinha tentáculos nas cidades de Foz do Iguaçu, Santa Terezinha do Itaipu, Céu Azul, Cascavel, Curitiba, Campo Erê (SC), Saltinho (SC), São Miguel do Oeste (SC), Frederico Westphalen (RS), Palmeira das Missões (RS), Cruz Alta (RS), Santana do Livramento (RS), Rio Grande (RS), Cachoeirinha (RS) e Porto Alegre (RS), com envio de cigarros contrabandeados inclusive para Montevidéu no Uruguai.

Segundo nota divulgada pela PF, o "contrabando de cigarros adquiriu contornos altamente preocupantes, considerando que tal crime não existe sem a participação de servidores públicos, em especial a sistemática corrupção de policiais nas cidades que servem de rota para a passagem para os membros da organização criminosa, como a que está sendo desarticulada na manhã de hoje".

A operação teve a participação de 172 policiais federais e 36 policiais da Força Nacional de Segurança Pública em 51 viaturas.

O nome Loki vem da mitologia nórdica e se trata do semi-deus da trapaça e da falsidade. que foi utilizado em razão da postura dos policiais presos, que avisavam aos contrabandistas da presença da Polícia Federal e da Força Nacional em operações nas rodovias do Sudoeste paranaense e Oeste Catarinense, agindo assim como trapaceiros.

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.

Blogs e Colunas

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Shopping

Anuncie nos classificados de O Diário

Pague com:

Loterias

  • Números sorteados
  • 41
  • 49
  • 36
  • 42
  • 31
  • 38

Publicidade

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal odiario.com não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com odiario.com para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato pelo e-mail parceria@odiario.com.

odiario.com 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - O Diário do Norte do Paraná. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.