• Usuária diz ser ¿avião¿ do tráfico em Maringá

  • Roberto Silva

Um casal foi detido na tarde de ontem, em Maringá, por suspeita de intermediar a venda de drogas no Centro da cidade. A polícia denomina a atividade como "avião" ou "corridinha", definição dada a usuários que prestam pequenos favores para traficantes, fazendo a entrega de crack ou outro tipo de droga em troca de uma pequena porção de entorpecente.

De acordo com a Polícia Militar, as detenções ocorreram por volta das 13 horas na Avenida Tamandaré envolvendo o técnico em informática Júlio Cesar Bonifácio, 32 anos, e a desempregada Cristiane dos Santos, 35. Com Cristiane, a PM diz ter encontrado duas pedras de crack. Júlio estava com R$ 60 em dinheiro e um cartão bancário.

Levados à delegacia, Júlio e Cristiane alegaram ser apenas usuários de drogas e negaram atuar diretamente no tráfico. Em entrevista a O Diário, Júlio - que se identificou como técnico em informática, contou que se entregou para o vício depois de ter uma carga de equipamentos de informática apreendida pela Receita Federal. "Tive que fechar a minha empresa. Entrei em depressão e acabei saindo de casa e indo morar na rua", contou.

Apesar de exalar um odor forte, por causa da falta de banho, Júlio afirmou que ainda atende alguns ex-clientes e usa o dinheiro ganho com a prestação de serviços para se manter e comprar crack. "Eles (clientes) me encontram na rua e pedem serviço. Não atuo no tráfico. Meu negócio é só o vício", assegurou .

Grávida de14 semanas, Cristiane contou que entrou para o vício do crack depois de romper um casamento de 13 anos, do qual teve dois filhos. "Entrei para a prostituição e comecei a usar drogas", afirmou, confirmando que atualmente faz pequenas "correrias " para traficantes.

A intermediação lhe rende uma pedra de crack a cada cinco vendidas. "Fumo até um milhão (de pedras). É o vício. Mas vou mudar, ainda essa semana, para Peabiru e deixar essa vida. Lá é bem mais calmo que aqui", concluiu, chorando.

Veja também

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Shopping

Anuncie nos classificados de O Diário

Pague com:

Loterias

  • Números sorteados
  • 26
  • 29
  • 34
  • 38
  • 50
  • 60

Publicidade

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal odiario.com não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com odiario.com para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato pelo e-mail parceria@odiario.com.

odiario.com 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - O Diário do Norte do Paraná. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.