A companhia J&F, dona de JBS, Vigor, Alpargatas e outras empresas, informou que, por enquanto, não haverá nenhum posicionamento sobre a nota oficial divulgada hoje pelo Palácio do Planalto.

Neste sábado, 17, o Planalto afirmou que o presidente Michel Temer vai processar o empresário Joesley Batista, dono da J&F. A nota acusa Joesley de proteger "os reais parceiros de sua trajetória de pilhagens" e os "grandes tentáculos da organização criminosa" que ele ajudou a forjar, numa referência aos governos do Partido dos Trabalhadores.

A nota foi divulgada após a publicação de entrevista do empresário Joesley Batista pela Revista Época em que ele afirma que o presidente Michel Temer é "chefe de organização criminosa" e que "quem não está preso está hoje no Planalto.

Participe e comente