Na última segunda, dia 7, em Brasília, a Executiva Nacional da Pública - Central do Servidor, em reunião ordinária, elegeu por aclamação o presidente e o secretário geral da Federação Nacional dos Servidores dos Poderes Legislativos Federal, Estaduais e do Distrito Federal (Fenale) para coordenar as regionais sulmatogrossense e fluminense da Central.

João Moreira, presidente da Diretoria Executiva da Fenale, assumirá a presidência da Pública Mato Grosso do Sul e terá como principal responsabilidade, agregar as entidades representativas do funcionalismo local, não apenas para fortalecer a regional, mas para dar ainda mais respaldo à Pública Nacional.

O mesmo ocorrerá com José Eduardo Rangel, secretário geral da FENALE, escolhido para presidir a Pública Rio de Janeiro.

João Moreira é também Vice-presidente para o Legislativo Estadual da Pública Nacional e José Eduardo Rangel, ocupa a Diretoria Administrativa da Entidade.

Após a aclamação dos nomes por unanimidade, ambos agradeceram a escolha e destacaram os desafios que terão pela frente. Segundo João Moreira, a presidência da Regional Mato Grosso do Sul da Pública - Central do Servidor "será de grande valia e de grande experiência no trabalho de unir as categorias do funcionalismo do MS", ponderou. "O momento é de união contra todas estes projetos que só visam retirar os poucos direitos dos servidores. Então a Pública vem com esta missão".

José Eduardo Rangel referendou as palavras do presidente e acrescentou: "nós não temos outra alternativa. Ou nos unimos todos contra o desmonte do estado e a precarização do funcionalismo público, ou será o fim dos servidores e do próprio Estado", alertou.

A reunião foi comandada por Nilton Paixão, presidente da Pública Nacional, assessorado por Antonio Carlos Fernandes Lima Junior., secretário geral; Ogib Teixeira de Carvalho Filho, Vice-presidente Executivo; Rudinei Marques, 2º Vice-presidente e José Gozze, 3º Vice-presidente.



Website: http://www.fenale.com.br

Participe e comente