Estudar é a melhor forma de garantirmos um futuro melhor. Mas, infelizmente para muitos brasileiros, estudar ainda é um privilégio para poucos, uma vez que os custos para uma boa educação são altíssimos.

A boa notícia é que hoje em dia muitas universidades oferecem bolsas de estudos que podem ser disputadas pelos candidatos que desejam cursar uma graduação ou pós-graduação de forma gratuita.

Tanto em universidades no Brasil, quanto no exterior, é possível concorrer a uma bolsa de estudos nos mais diversos cursos e áreas do conhecimento.

Para quem quer fazer parte do grupo de beneficiados pelas bolsas de estudos, é necessário saber que as vagas são bastante disputadas.
Veja algumas dicas de como conseguir uma bolsa de intercâmbio no exterior ou de estudos no Brasil.

6 DICAS PARA CONSEGUIR UMA BOLSA DE ESTUDOS

1- Conheça os tipos de bolsas de estudos existentes

No Brasil há alguns caminhos para quem deseja disputar uma bolsa de estudos. O primeiro deles, e talvez o mais conhecido, é do Governo Federal, o ProUni – Programa Universidade para Todos.

O programa oferece por ano cerca de 300 mil bolsas entre parciais e integrais. As bolsas são voltadas para estudantes de baixa renda.

Há sites na internet (destaque para o Educa + Brasil e para o Quero Bolsa ) que, em parceria com instituições de ensino, oferecem bolsas de estudos de até 70%.

Outra opção é concorrer a uma bolsa através de empresas conveniadas às universidades. Neste caso, é necessário apresentar um histórico de boas notas.

No exterior, há muitas universidades que oferecem bolsas de estudos aos alunos que vêm de outros países. Lá fora as bolsas são divididas em Bolsas por Mérito e Bolsa de Necessidade Financeira. Ambas são muito disputadas.

2- Aperfeiçoe o seu inglês

Se você deseja fazer um curso de graduação ou de mestrado no exterior , saiba que a concorrência é bastante acirrada e saber como falar inglês fluente , nos países onde essa é a língua oficial, é fundamental.

Na verdade, tanto nas universidades do Brasil, quanto nas do exterior, o inglês será imprescindível. No Brasil, um inglês bom garantirá boas notas nos exames, enquanto lá fora será fator mandatório.

Nas universidades internacionais, os alunos de fora precisam passar, além dos testes específicos das áreas escolhidas, por um exame de proficiência em inglês . Portanto, se você deseja uma bolsa, o seu inglês fará toda a diferença.

3- Certifique-se de que o curso que você deseja possui bolsas a disposição

Na maioria das universidades, tanto do Brasil quanto do exterior, há uma listagem dos cursos que oferecem bolsas de estudos.

Pode parecer estranho, mas nem todos os cursos possuem bolsas a disposição. Portanto, certifique-se de que o curso que você deseja cursar realmente oferece bolsas.

4- Assegure-se de que a instituição possui reconhecimento por parte do MEC

Este tópico se refere apenas às universidades brasileiras. Com a grande procura por parte dos estudantes, a oferta de cursos e instituições de ensino é grande. Há muitas instituições que oferecem cursos com bolsas de estudos bastante atrativas, porém, os cursos não são reconhecidos pelo Ministério da Educação, o MEC.

5- Planeje-se com antecedência

Neste caso, estamos falando das universidades fora do país. Planejamento é fundamental.

Afinal, pode ser que você necessite ir até a universidade para participar de uma prova ou de uma entrevista. Portanto, planejamento (tanto de tempo, quanto financeiro) são dois fatores fundamentais.

Tenha em mãos os documentos necessários e prepare-se para pedir aos coordenadores da escola em que cursou o Ensino Médio referências sobre você.

6- Dedique-se aos estudos

Sem dúvidas, um desempenho acadêmico excelente é um requisito fundamental para um aluno que está buscando por uma bolsa de estudos. Portanto, dedique-se aos estudos, mesmo que ainda faltem alguns anos para você entrar na universidade.

Lembre-se de que o seu bom desempenho fará toda a diferença frente aos demais candidatos.

Participe e comente