O deputado estadual fluminense Edson Albertassi (PMDB), indicado pelo governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) para assumir uma vaga como conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Rio (TCE-RJ), anunciou em nota divulgada na tarde desta terça-feira, 14, que desistiu da indicação para o cargo.

O deputado foi um dos alvos da Operação Cadeia Velha, promovida nesta terça-feira pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal. A acusação dá conta de suposta troca de favores ilegais entre deputados estaduais e donos de empresas de ônibus que atuam no Rio.

Sobre a denúncia, o deputado afirma em nota que "as acusações serão contestadas pela sua defesa, que ainda não teve acesso ao inquérito".

Albertassi foi indicado por Pezão para uma vaga no TCE depois que o conselheiro Jonas Lopes se aposentou. A indicação seria apreciada pela Assembleia Legislativa nesta terça-feira, mas esse trâmite já havia sido suspenso por ordem judicial.

Participe e comente