Cada vez mais comuns entre jovens e adultos que desejam muito mais do que apenas a fluência em um idioma, os intercâmbios ganharam de vez os brasileiros.

De acordo com pesquisas da Associação Brasileira de Agências de Intercâmbio (BELTA), no ano de 2016, o número de pessoas no Brasil que buscaram por intercâmbios cresceu significativamente. Foram mais de 247 mil estudantes, 14% a mais, comparado ao ano anterior, decidiram investir em cursos ou trabalho fora do país.

Você já pensou em fazer um intercâmbio no exterior Então confira tudo o que você precisa saber sobre um intercâmbio, os locais mais buscados, os valores, os tipos de intercâmbio e muito mais.

O QUE É INTERCÂMBIO, AFINAL?

VANTAGENS E BENEFÍCIOS DE FAZER UM INTERCÂMBIO

Além de estar em contato direto com uma nova língua, o que vai te fazer aprender como falar inglês fluente (ou outro idioma que estiver estudando) com muito mais rapidez, a experiência de vivenciar novas culturas e novos costumes será, sem dúvida, enriquecedora.

Mais do que um novo idioma, seu currículo ganhará um atrativo a mais, e você terá uma grande evolução pessoal nas áreas mais variadas.

Um intercâmbio irá te fazer uma pessoa mais preparada para lidar com os desafios e, principalmente, com as diferenças.

No Brasil, não são poucas as empresas que valorizam os profissionais que possuem um intercâmbio no currículo, seja por sua habilidade em idiomas, seja pelo seu aprendizado cultural, social e político adquirido quando se passa uma temporada em um país diferente do seu de origem.

ESCOLHENDO UM DESTINO

Hoje em dia é possível escolher quase qualquer cidade do mundo, em todos os continentes do planeta, para fazer um intercâmbio. Uma boa dica é unir o intercâmbio à sua vontade de conhecer um lugar que sempre sonhou. Assim, você poderá aliar os estudos a uma satisfação pessoal.

Muita gente escolhe o seu destino porque conhecem alguém que vive na cidade. A sugestão é: não faça isso!

Principalmente se essa pessoa for um brasileiro. Lembre-se que você está fazendo um intercâmbio para conhecer pessoas novas, se tornar mais independente e ainda adquirir fluência em um novo idioma e, neste caso, ter alguém por perto pode atrapalhar os seus planos.

Escolha uma cidade que esteja de acordo com suas preferências (mais urbana, mais calma, com mais opções culturais, com praias, com montanhas) e faça dela o seu novo lar, mesmo que por apenas algumas semanas.

Alguns sites oferecem testes online para te ajudar a decidir a melhor cidade pra morar e estudar por um período, baseado em um questionário, experimente: Descubra o Destino Ideal para Você .

OS LUGARES MAIS PROCURADOS

Em geral, os estudantes tendem a buscar mais os países que têm o inglês como língua oficial. Neste sentido, os seis países mais procurados como destino pelos intercambistas são:

1- Canadá
2- Estados Unidos
3- Londres
4- Irlanda
5- Austrália
6- Nova Zelândia

Outra opção muito procurada pelos brasileiros, por se tratar de um dos intercâmbios mais baratos e em um ilha belíssima da Europa.

TIPOS DE INTERCÂMBIO

Os mais procurados são os intercâmbios focados em estudar um idioma. Mas há muitos outros tipos de intercâmbio para quem quer se aventurar mundo afora.

A duração também pode variar de acordo com o programa escolhido pelo estudante, bem como a sua disponibilidade, objetivo, além, é claro, do seu investimento. Os intercâmbios podem durar de duas semanas a 12 ou 18 meses, dependendo da modalidade.

Conheça abaixo alguns dos principais tipos de intercâmbio:

Curso de Idiomas: neste programa, o estudante irá priorizar o aprendizado ou o aprimoramento de um idioma em especial. A duração pode variar de duas semanas a seis meses, dependendo do curso escolhido.

Estudo e Trabalho: destinado para aqueles que desejam trabalhar, enquanto aprendem o idioma. Nos intercâmbios de Estudo e Trabalho o estudante divide a sua rotina entre uma escola de idioma e um trabalho, conforme a legislação de alguns países.

Au Pair: no programa Au Pair de intercâmbio , o candidato cuida de crianças e mora na casa da família para quem trabalha. Neste caso, o estudante recebe uma remuneração em troca do seu trabalho e aperfeiçoa o seu idioma no dia a dia.

Participe e comente