A ACISA - Associação Comercial e Industrial de Santo André acaba de renovar a parceria com a OAB - Ordem dos Advogados do Brasil / 38ª subseção de Santo André para manutenção da Câmara de Mediação, Conciliação e Arbitragem, em funcionamento em suas instalações.

A formalização da parceria ocorreu no último dia 11 de maio, com a presença do presidente da Subseção da OAB Santo André, Roberto Pereira Gonçalves, da advogada Simone Fusari - nova diretora executiva da Câmara, além do presidente da ACISA, Pedro Cia Junior, do vice-presidente Evenson Robles Dotto e do superintendente Ademir Gasparetto.

De acordo com a advogada Simone, a Câmara de Mediação, Conciliação e Arbitragem inaugura uma fase de renovação. "O primeiro passo foi reformular e ampliar o quadro de colaboradores. Agora são nove especialistas, uma estagiária e três peritos das áreas de imobiliária, contabilidade e financeira, que darão um novo oxigênio aos nossos trabalhos", explica.

O passo seguinte será ampliar a divulgação dos benefícios para as pessoas físicas e jurídicas, proporcionados pela Câmara. Para isso, serão criadas ações específicas e uma delas será a realização de palestras explicativas voltadas aos empresários.

Hoje, a Mediação é indicada para solucionar conflitos de esfera cível e ganhou grande força por conta do novo Código de Processo Civil (NCPC) e da lei 13.129/2015, que tratam do tema e colocam a Câmara com um importante instrumento para solução de litígios sem a participação do Estado.

Todas as decisões arbitradas têm força de sentença transitada em julgado e são executáveis e entre as vantagens estão o sigilo das operações; desburocratização; maior velocidade - já que a lei estabelece que todos os litígios sejam solucionados no prazo máximo de 180 dias e menor custo para as partes envolvidas, bem como menor desgaste no relacionamento.

Considerada uma das associações mais antigas e tradicionais do estado, com 80 anos de fundação, a ACISA possui cerca de 4 mil associados e a atual diretoria trabalha de forma voluntária em prol do empresariado e desenvolvimento econômico regional do Grande ABC.


Participe e comente