A mais emblemática marca de motocicletas do mundo, a Harley-Davidson, está fazendo sua estreia na 52ª Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina, a ExpoLondrina, e em feiras agropecuárias. Essa estreia se dá de forma especial, em um espaço junto ao estande da Servopa, revenda da Volkswagen e MAN, grupo ao qual a revenda de motos pertence.

:NoticiasRelacionadas:

"Essa é a primeira vez que participamos de feiras como a de Londrina", explica Carlos Inácio "Índio", representante da The One Harley - Davidson, revenda da marca em Curitiba.

E as motos, nesta feira, cumprem um duplo objetivo. Além da exposição da marca e da comercialização, elas estão servindo como um termômetro para a instalação de uma loja da Harley-Davidson em Londrina. "Nossa intenção é vir para cá com uma loja", reforça Índio. A marca tem atualmente 11 lojas e outras duas em fase de instalação.

Divulgação

Harley-Davidson deve instalar loja em Londrina - Divulgação

Carlos Inácio "Índio": ExpoLondrina está servindo de

termômetro para a possível instalação da loja na cidade

A loja de Londrina seria a segunda no Paraná e teria como mercado o Norte, Noroeste e Oeste do Paraná, o Sul e Oeste do Estado de São Paulo e parte do Mato Grosso do Sul. "Só em Londrina temos 470 motos da Harley-Davidson cadastradas", acrescenta o representante da empresa. Um número que demonstra o potencial do mercado local.

A Harley-Davidson tem fábrica em Manaus. As motos vêm desmontaas dos Estados Unidos e a montagem é toda feita no Brasil, incluindo alguns componentes fabricados no País. Com isso, a marca conseguiu regime tributário especial, alguns modelos tiveram uma redução muito grande de preço, que vem puxando as vendas da marca norte-americana.

 

A The One trouxe quatro modelos novos para a ExpoLondrina: Fat Boy, Switch Back e Black Line, todas de 1.600cc, e a XL 1.200cc.

Participe e comente