Os apaixonados por automóveis não apenas cuidam de suas máquinas, como procuram se informar cada vez mais sobre as peculiaridades dos veículos. Entre elas, o óleo de transmissão. Pouco conhecido dos motoristas, o item é responsável por conduzir o lubrificante até o motor e dispensar o calor excessivo no local, evitando o superaquecimento.De acordo com o coordenador técnico Fábio Silva, existem diversos tipos de fluídos. "Sem o tipo correto de fluído e de óleo, bem como a quantidade adequada, a transmissão não funciona da maneira que deveria e há superaquecimento e desgaste prematuro dos elementos mecânicos da transmissão. E, consequentemente, prejuízos material e financeiro", observa.

Participe e comente