Novidade entre as motos, as crossovers, que misturam estilos e soluções de segmentos diferentes, estão se tornando a grande sensação do mercado. Entre os lançamentos dessa nova seara, a MT-09 Tracer combina a esportividade das naked (sem carenagem) com a posição confortável de guiar típica das big trail. Montada em Manaus, essa Yamaha sai por R$ 45.990.

Baseada na naked MT-09, a Tracer tem bancos mais largos, suspensões com maior curso e posição de guiar mais ereta. Para-brisa regulável e faróis com desenho exclusivo completam o pacote.

De série há freios a disco com ABS, luzes de LEDs de uso diurno, controle de tração, ajuste de guidom e três modos de condução, que não alteram a potência, mas as respostas do acelerador para deixar a moto mais mansa ou arisca. O painel de instrumentos grande tem duas telas digitais que facilitam a leitura dos dados exibidos. O para-brisa com duas posições ajuda a enfrentar o vento de proa por longos trechos, como em viagens.

A Tracer traz o mesmo três-cilindros da naked, de 846 cm3 que gera 115 cv e 8,9 mkgf. Versátil, esse motor oferece ampla entrega de torque desde rotações baixas, como nos bicilíndricos, mas "gosta" de girar alto, como os quatro-cilindros. Em parte, isso é resultado da utilização de um virabrequim crossplane (cruzado), que faz os pistões trabalharem em um intervalo de 240°. Isso garante um funcionamento mais linear. Também contribui para as prontas respostas o câmbio de seis marchas, cujos engates são curtos e precisos.

As suspensões têm ajuste de pré-carga e retorno e filtram bem as imperfeições do piso. Firmes, também garantem estabilidade em curvas, que podem ser atacadas com facilidade graças às rodas de 17 polegadas.

O ponto negativo é que, por causa do diâmetro grande, a capacidade para encarar o fora de estrada fica reduzida.

Os freios a disco, duplos na frente e simples atrás, dão conta da moto. Ainda assim, poderiam ser mais "sensíveis".

Participe e comente