Para os entusiastas do Nissan GT-R, este ano está sendo marcante. Isso porque 2017 começou com a nova geração dos GT-R e o GT-R Nismo e, agora, o modelo tem a estreia da produção limitada GT-R Track Edition no Salão Internacional do Automóvel de Nova York, nos Estados Unidos, que já começou e prossegue até domingo que vem, no centro da convenção de Jacob Javits.

Como terceira versão da linha GT-R, a Track Edition ocupa posição única entre as facetas "T" (Touring) e "R" (Racing) da equação do superesportivo. Projetado para oferecer um maior nível de desempenho do que o GT-R Premium, a Track Edition apresenta elementos do emblemático GT-R NISMO, mantendo ainda a mesma configuração mecânica do GT-R Premium, que desenvolve 572 cavalos de potência (em comparação com o GT-R NISMO de 608 cavalos). O novo GT-R Track Edition terá preço inicial de US$ 127.990 e estará disponível no segundo semestre de 2017 somente em concessionárias GT-R certificadas Nissan dos Estados Unidos.

"O novo GT-R Track Edition oferece aos compradores um modelo especializado, um verdadeiro legado para o GT-R e disponível apenas por encomenda especial", disse Michael Bunce, vice-presidente de Planejamento de Produtos, da Nissan América do Norte.

Novidades

Os novos recursos de desempenho do GT-R Track Edition começam com a aderência adicional da carroceria (além de soldagem por pontos), que ajuda a aumentar a rigidez do em relação ao modelo GT-R Premium.

Em seguida, a avançada suspensão independente nas quatro rodas recebe o ajuste exclusivo Nismo, com peso reduzido e barra estabilizadora adicional em relação ao GT-R Premium, bem como pneus Nismo.

Outro equipamento padrão inclui os para-choques dianteiros do GT-R Nismo, rodas de liga de leve aro 20 Nismo e um spoiler traseiro de fibra de carbono especial. No interior, a versão Track Edition inclui acabamento na cor vermelha e preta exclusivo e com assentos inspirados em carros de competição.


DISPONIBILIDADE. Carro terá preço inicial de US$ 127.990 e estará disponível apenas no segundo semestre, em concessionárias GT-R certificadas da Nissan dos Estados Unidos. —FOTO: DIVULGAÇÃO


Participe e comente