Quando a Hyundai lançou o Creta, a única versão com motor 2.0 era a Prestige, que tem preço sugerido de R$ 102.950. Para encurtar a distância em relação às opções 1.6, a marca criou a Sport, que tem o mesmo propulsor da configuração de topo, mas com pacote de equipamentos mais enxuto e tabela a partir de R$ 96.350.

Isso não quer dizer que a versão Sport seja pobre de itens de série. Ao contrário. Há equipamentos como ar-condicionado automático, bancos parcialmente revestidos de couro e controle de estabilidade (ESP).

O senão é que essa opção não traz air bags laterais e do tipo cortina, ainda exclusivos da Prestige. A central multimídia é compatível com as plataformas Android Auto e Apple CarPlay, mas sem navegador GPS, item que faz pouca falta.

Mas é no visual que a nova versão mais se destaca. O Creta Sport traz spoiler traseiro pintado de preto brilhante, assim como a grade dianteira, o rack de teto e a capa dos retrovisores externos. As rodas de liga leve são de 17 polegadas, como na versão de topo, mas têm desenho exclusivo.

Comportado

Se no estilo o Creta Sport ficou bem interessante, ao volante seu temperamento é bem calmo. O 2.0 flexível tem funcionamento suave e não decepciona quando exigido. As acelerações são vigorosas e há boa reserva de potência para encarar rodovias, por exemplo.

Mas não dá para esperar um comportamento esportivo, como o nome da versão sugere. O câmbio automático de seis velocidades faz trocas suaves.

Macia, a suspensão lida muito bem com asfalto ruim e até mesmo com estradas sem pavimentação. Como o acerto é voltado ao conforto, o Creta Sport vai acabar "reclamando" se levado próximo ao limite.

Não é recomendável contornar curvas fechadas em alta velocidade nem fazer mudanças bruscas de direção. Dificilmente o motorista levará um susto, mas o SUV deixa claro que não é afeito a emoções fortes e que sua esportividade é só visual.

Ficha técnica
Motor
2.0, 4 cil., 16V, flexível

Potência (cv)*
166 a 6.200 rpm

Torque (mkgf)*
20,5 a 4.700 rpm

Câmbio
Automático, 6 marchas

Peso
1.399 quilos

Prós: CONJUNTO
Modelo é bem acabado e tem ampla lista de itens de série. Desempenho do 2.0 agrada.

Contras: FALTA BRILHO
Apesar do visual interessante e do motor 2.0, versão tem comportamento pacato.


VERSÃO. A R$ 96.350, Sport é a mais em conta do Hyundai Creta com motor 2.0. — DIVULGAÇÃO


Participe e comente