Ar-condicionado é considerado um equipamento indispensável nos dias de calor, mas nem todo mundo se lembra desse "companheiro" quando o inverno chega. Nos períodos de temperatura baixa, como agora, o sistema serve para desembaçar os vidros, aquecer a cabine e tornar a viagem de carro mais agradável.

Quando a temperatura externa fica próxima dos 10°C, a cabine também tende a ficar fria, principalmente se o veículo permanecer parado em local aberto. Isso porque os vidros e a carroceria são péssimos isolantes térmicos.

Um dos efeitos colaterais comuns nessa época é que os vidros embaçam com facilidade. Conforme o dia, até segurar o volante pode ser incômodo nos primeiros minutos.

Alguns automóveis sofisticados permitem que o motor seja ligado por controle remoto. Com isso, o motorista pode aquecer a cabine previamente antes de entrar. Outros dispõem de aquecimento de volante e bancos.

Mas também há solução para a maioria dos "mortais". Nos carros com ar-condicionado, basta ajustar a temperatura para cerca de 24°C (nos aparelhos digitais), ou girar o seletor de temperatura para a parte vermelha da escala (nos analógicos, sem numeral).

Uma dica importante é que, em ambos os casos, isso deve ser feito depois de o motor atingir a temperatura ideal de funcionamento. Isso ocorre menos de cinco minutos após o veículo entrar em movimento.

Água quente

O motivo é que o aquecimento utiliza a água que refrigera o propulsor. Nos modelos que têm luz de temperatura no painel, deve-se ligar o sistema quando o aviso se apagar.

Caso o sistema seja acionado com o motor frio, o ventilador vai jogar mais ar gelado para a cabine. Nos veículos com termômetro por ponteiro, o melhor momento é quando a agulha atinge a parte central da escala (em torno de 90°C).


Aquecendo

Para aquecer a cabine, a dica é direcionar a saída de ar para a região dos pés e o painel. Com isso, tanto as mãos quanto o volante ficarão aquecidos, e o ar quente enviado à parte inferior completa o aquecimento de todo o interior do carro.

Já em caso de embaçamento dos vidros, o ideal é direcionar a saída de ar para o para-brisa e aumentar a velocidade do ventilador. Em sistemas automáticos, basta acionar a tecla com o símbolo do para-brisa, normalmente acompanhada da abreviatura "max" (de máximo).

Com isso, o ventilador vai acelerar a função de desembaçamento. Com a visibilidade retomada, pode-se diminuir a intensidade do ventilador. O aparelho retira a umidade do interior do veículo, que é o que causa o embaçamento.

Caso não seja necessário desembaçar os vidros, pode-se usar a ventilação quente com o sistema de ar-condicionado desligado. Dessa forma, o compressor permanecerá desligado, o que reduzirá o consumo de combustível e as emissões.

Deve-se desligar o ar-condicionado se for constatado incômodo nos olhos, sinal de que o ar pode estar muito seco.

Mesmo que não seja necessário aquecer a cabine, é recomendável ligar o ar-condicionado ao menos uma vez por semana. Isso evita o ressecamento das mangueiras e mantém o sistema bem lubrificado.


FIQUE ATENTO. Ar-condicionado deve ser ligado no frio pelo menos uma vez na semana. — ARQUIVO


Participe e comente