Peixe de 'sustância, como o chamam os ribeirinhos, o pirarucu é considerado o 'bacalhau brasileiro'. Normalmente, a sua carne é posta à venda em fardos depois de transformada em mantas, secas e salgadas. Também é vendida fresca, sob forma de filés, inclusive. Importantíssimo para a alimentação da região, o pirarucu possui grande valor nutritivo. É utilizado para o preparo de diversos pratos típicos, entre os quais o famoso pirarucu de casaca (veja receita), um prato à base de peixe, farinha e banana. Pode chegar a mais de dois metros de comprimento e até 200 quilos de peso. Tem hábito carnívoro e prefere as águas calmas, vindo constantemente à superfície para respirar. Possui uma língua óssea, utilizada pelas tribos indígenas da Amazônia como ralador e lixa de unha. Os nativos utilizam também as escamas para confeccionar adornos. O pirarucu é protegido por lei, sendo uma das espécies cuja pesca é proibida durante determinados períodos. É uma espécie tipicamente amazônica, cuja denominação significa peixe (pira) vermelho (urucu), devido a sua coloração. É possível criar o pirarucu em cativeiro, com excelente rendimento, por se tratar de peixe com grande potencial de cultivo, posto que o seu crescimento e ganho de peso podem, perfeitamente, ser constatados de uma semana para outra. (Com informações do Portal Amazônia)


SUCULENTO. Ribeirinho prepara imensos filés de pirarucu, que após processo de preparo é comercializado em rolos ou postas salgadas que rendem deliciosas receitas

PIRARUCU
DE CASACA
Ingredientes
, 1 kg de pirarucu (peixe) salgado
, 200 g de farinha de mandioca
, 5 bananas da terra bem maduras
, 1 vidro de leite de coco (200 ml)
, 1 lata de azeite (200 ml)

, Batata palha
, 4 tomates
, 2 cebolas grandes
, 1 pimentão pequeno
, 1 cheiro verde
Preparo
w Deixe de molho o pirarucu durante 24 horas dentro da geladeira, trocando sempre a água
w No dia seguinte colocar o peixe para ferver em água limpa durante 15 minutos, escorrer, desfiar e reservar w Cortar em pedaços pequenos o tomate, cebola e o pimentão e fazer um refogado com o azeite até ficar bem mole. w Colocar o peixe já desfiado para fritar um pouco dentro desse refogado w Adicionar 1/4 do leite de coco ao peixe para que fique um pouco úmido w Em uma bacia à parte coloque a farinha, o restante do leite de coco e o cheiro verde bem picadinho e faça uma farofa w Frite as 5 bananas em tiras não muito grossas

Montagem
w Em um pirex coloque toda a farofa no fundo, depois todo o refogado do peixe, depois as bananas fritas e por último a batata palha w Na hora de servir colocar por 10 minutos em forno quente

Participe e comente