Indispensável no almoço de domingo, o frango vai à mesa numa infinidade de preparo. Uma das proteínas mais consumidas do mundo, com o Brasil em segundo lugar na produção mundial, o frango é uma fonte importante de proteína de alto valor biológico e essencial para o organismo, na construção muscular e fortalecimento do sistema imunológico.

Rico em proteínas o frango é fonte de todos os aminoácidos essenciais, se você é um atleta fitness ou está querendo emagrecer ou até mesmo quer melhorar a sua saúde é de extrema importância ingerir alimentos ricos em proteínas. E para essa questão o filé de frango é uma das melhores fontes de proteínas que existe.

Filé de frango contém selênio, que é um mineral fundamental que melhorar o desempenho do seu metabolismo. O selênio também participa do sistema de defesa antioxidante do organismo e ajuda também a manter a função da tireoide normal. Um estudo descobriu que a deficiência de selênio pode levar a problemas de tireoide.

A história da criação de frangos é secular. Segundo os historiadores o início da domesticação da galinha deu-se no continente asiático. Essa galinha, domesticada, primeiramente foi utilizada como animal de briga ou como objeto de ornamentação e somente no final do século XIX sua carne e seus ovos passaram a ser apreciados.

O início do século XX as encontrou a tal ponto valorizado que chegaram a representar uma fonte de renda adicional, tanto nos sítios como nas fazendas. Estimulados pelo aspecto econômico, os avicultores começaram a tentar novos acasalamentos entre as raças diferentes, visando o aprimoramento da espécie.

No Brasil, a galinha foi introduzida pelos portugueses no início do século XX. Nesta época ainda eram criadas soltas nos quintais ou arredores das casas, e se alimentavam com resto de comida caseira, grãos, insetos e outros bichinhos.

A partir da década de 30, houve grande progresso na criação de galinhas. Um dos pioneiros da avicultura em larga escala no Brasil foi Charles Toulin, engenheiro agrônomo francês, proprietário da Granja do Mandi, que introduziu várias práticas modernas em nosso meio. Nesta granja em Itaquaquecetuba ele manteve reprodutores de boas linhagens, alta produção de ovos e incentivou a criação de galinhas pelo fornecimento de famosas quinas (quatro galinhas e um galo). (Com informações de diversas entidades ligadas ao setor avícola, como a Associação brasileira de Proteína Animal)

TIPOS DE FRANGO

w Frango caipira Ideias para churrascos ou comidas tradicionais, tem cerca de 4 meses de vida e pesam entre 2kg e 3kg.
w Frango de granja Frangos extremamente jovens com cerca de 7 a 10 semanas. Pesam de 2,5kg a 3,5kg e são bem macios.
w Capões Frangos jovens castrados com mais gordura. Pesam entre 2,5kg a 4 kg.
w Galinha capão São galinhas adultas e velhas. Pesam o mesmo que os Frangos Capões ideais para os guisados e sopas.

ALERTA

O consumo exagerado de proteína pode causar uma sobrecarga nos sistemas renal e hepático. Além disso, pode ser acumulada em forma de gordura se não for utilizada pelo organismo. A necessidade orgânica de proteína varia conforme as características individuais, mas podemos colocar como média de ingestão de 0,8 gramas para 1 kg de peso corporal por dia. Dessa forma, uma pessoa que pesa 70 kg deve consumir, em média, cerca de 56 gramas de proteínas por dia. O consumo da pele também é perigoso. Pode causar descontrole nos níveis de colesterol e agravar problemas cardiovasculares.


Participe e comente